Arquivo da tag: o terno 66

Assassina Compulsiva

Ela não é exatamente boa, apesar de eu acreditar. Talvez se ache bonita. Alguns certamente devem achar, tantas são as histórias de flertes e conquistas.

Não faz assim tanto tempo que a conheço, porém posso dizer que descreveria sua alma como a uma vida inteira. Conheço a alma em sua essência e vejo o que muitos não veem. Pretensão? Percepção. Guarda um segredo cada vez mais difícil de esconder. Não sei bem se sente culpa, ou se sente bem. Será que não sente nada, ou simplesmente inventa uma verdade paralela? Cada um tem sua própria verdade, eu sei. A mesma que encontra um mínimo denominador comum: o bom senso.

Assassina compulsiva. Mata a quem lhe quer bem. Feriu a ferro e fogo suas velhas amizades (todas, uma por uma) em nome de um descontrole que acha tão justificável.

Mas que bela assassina ela se tornou. Encontrou um amor que ainda não matou. Não por falta de vontade ou tentativa, o amor persiste. Entre incontáveis escolhas ruins… Mas quem acerta mais do que erra, de verdade? Será esse tão compulsivo quanto seu desejo de matar?

Música que inspirou: O Terno – Zé Assassino Compulsivo

4 Comentários

Arquivado em O Terno